Como parar de fumar de vez sem recaídas?

Fumar se tornou mais perigoso do que era 50 anos atrás e cada vez mais estamos procurando uma melhor qualidade de vida e parar de fumar é o objetivo número um daqueles que estão buscando uma vida mais saudável. 

O tabagismo é a principal causa de mortes que podem ser evitadas, de acordo com Organização Mundial da Saúde (OMS) diariamente cerca de 430 óbitos são atribuídos ao cigarro. No Brasil a porcentagem de mortes que poderiam ser facilmente evitadas é de 12,6%, de acordo com o INCA (Instituto Nacional de Câncer). O Brasil está em oitavo lugar no ranking mundial de fumantes. 

Saber como parar de fumar é o maior desejo de muitos que fumam atualmente, mas os obstáculos encontrados no caminho são grandes. 

A responsável pelo vício é a nicotina, uma substância de efeito rápido que atua no cérebro. Ao ser inalado essa droga viaja pela corrente sanguínea, chegando ao cérebro em apenas 10 segundos, estimulando a produção de serotonina e dopamina. Com o tempo o corpo do fumante se acostuma com a nicotina e para obter os mesmos efeitos que antes é necessário fumar mais, desencadeando a dependência química. 

Ao parar de fumar

Ao decidir parar de fumar, o indivíduo irá passar pela abstinência da nicotina, fase em que o corpo é tomado pelo desejo de fumar. Os sintomas de abstinência incluem dificuldades em dormir, ansiedade, irritabilidade, tremores e maior apetite. O ganho de peso muitas vezes é relacionado à quando a pessoa deixa o cigarro para trás, mas isso não é nada mais que um sintoma da ansiedade. 

Quando nos sentimos ansiosos temos tendência a abusar de alimentos extremamente calóricos, o que gera o aumento de peso. Durante esse período a vontade de fumar é muito grande, o fazendo pensar que só irá passar se fumar novamente, mas é preciso ter em mente que esse desespero e desconforto são momentâneos e em breve passará.

As mulheres tendem a fumar mais e são as mais propensas a desenvolverem a dependência química já que o seu organismo metaboliza a nicotina mais rápido do que o organismo do homem. Além disso, muitas mulheres têm medo de ganhar peso por isso podem evitar situações que as faça ter um maior apetite. 

Existe também outro tipo de dependência: a dependência psicológica. Esse tipo de dependência está ligado ao hábito de fumar em determinadas situações como após acordar, antes de dormir, tomar café, consumir bebidas alcoólicas, antes ou durante as relações sexuais ou até mesmo em situações como estresse, solidão e crises de ansiedade no trabalho ou vida pessoal.

Você não está sozinho

Mesmo que a pessoa tente parar de fumar sozinho, sem o auxílio de medicamentos e psicólogos, são poucos aqueles que conseguem passar dos primeiros meses, pois não tem o apoio necessário para deixar o vício. A melhor forma de parar de fumar é ter uma rede de apoio que consiste em amigos próximos, familiares e psicólogos. 

A ajuda de amigos próximos, familiares e psicólogos é essencial porque o fumante precisa aprender a lidar com situações cotidianas em que antes recorria ao cigarro assim como é necessário ter a quem recorrer quando tiver dúvidas ou crise de abstinência. Cada tratamento é individual e deve ser adaptado de acordo com as preferências de cada indivíduo.

Muitos pacientes podem preferir não fazer o uso de medicamentos, pois temem os efeitos colaterais, mas atualmente no mercado existem tratamentos naturais. Que repõem as vitaminas e auxiliam no controle das crises de abstinência por atuar no tratamento da ansiedade, estresse e depressão.

Quais são os tratamentos para quem deseja parar de fumar?

Para que o tratamento seja bem sucedido e não haja recaídas é necessário que o paciente faça o uso de medicamentos que auxiliam no processo de parar de fumar e mantenha sessões de psicoterapia no mínimo uma vez por semana. Medicamentos com magnésio em sua fórmula se mostraram extremamente eficazes no tratamento de quem quer parar de fumar. 

O magnésio é um mineral essencial para o funcionamento do corpo humano, ele é responsável por limpar o organismo de quem fuma ajudando a tratar e a prevenir o estresse, a ansiedade e até a depressão, auxiliando nas crises de abstinências. Tratamentos com os famosos sprays não devem ser descartados, já que possuem substâncias que, ao entrar em contato com a fumaça do cigarro, realça seu sabor, deixando um gosto amargo na boca. 

Com o tempo o cérebro passa a entender que fumar não traz mais aquela sensação de bem estar. Ou seja, para que o fumante largue esse vício de vez, é necessário que haja um conjunto de mudanças de hábitos a fim de evitar qualquer possível recaída que venha a ocorrer no futuro. 

Quais alimentos irão ajudar a eliminar a nicotina do seu corpo?

Além dos tratamentos naturais com sprays e cápsulas, existem alimentos, bebidas e até mesmo ervas que irão auxiliar a eliminar toxinas do organismo, incluindo a nicotina e tabaco. Confira alimentos e bebidas que podem se tornar grandes aliados para quem quer parar de fumar. 

Água

Água é a bebida mais importante para o funcionamento de todos os organismos, além de eliminar as toxinas do corpo através da urina e suor. A nicotina desidrata o corpo por esse motivo é preciso repor esse líquido a fim de não mostrar os sintomas da desidratação.

Laranjas

As laranjas contêm vitamina C e aceleram o metabolismo, eliminando a nicotina mais rápido. 

Kiwi

O Kiwi possui vitamina A, C e E, repondo no organismo as vitaminas que a nicotina retira.

Suco de cenoura

O suco de cenoura possui vitaminas A, B, C e K, auxiliando a eliminar a nicotina do organismo daqueles que querem parar de fumar. Além disso, a cenoura melhora a aparência da pele, uma vez que a nicotina a torna a pele sem viço. 

Brócolis

O brócolis contém vitamina B5 e vitamina C, além de também proteger os pulmões dos males causados pelo fumo.

Espinafre

Esta erva rasteira de origem asiática é rica em vitaminas e minerais, realçando o sabor dos componentes tóxicos do cigarro, deixando um gosto ruim e amargo na boca. 

Ervas aromáticas secas

As ervas aromáticas secas podem se tornar grandes aliados para quem quer parar de fumar já que podem auxiliar a tratar os sintomas da abstinência. 

Hortelã

A hortelã ajuda a aliviar náuseas e ansiedade, sintomas comuns da abstinência da nicotina no organismo. Sua folha pode ser consumida em forma de chá, suco, saladas ou até mesmo mastigadas ou engolidas em cápsulas.

Valeriana

A valeriana é um relaxante muscular natural que pode auxiliar nas crises de abstinência por tratar a ansiedade, insônia e agitação, sintomas comuns desse período.

Gengibre

Raiz de forte sabor, o gengibre é utilizado tanto na culinária quanto na medicina e pode ajudar a diminuir o desejo de fumar porque cria um sentimento de satisfação na boca de quem a consome. O gengibre pode ser consumido em forma de chá, sucos ou até mesmo puro. 

Aveia comum

A aveia comum é rica em zinco e magnésio, minerais que auxiliam a tratar a ansiedade e estresse, sintomas extremamente comuns da abstinência de nicotina. 

Ginseng

Conhecido por ser um poderoso estimulante sexual natural, essa raiz também pode ajudar quem quer parar de fumar já que auxilia o corpo a lidar com o estresse e o cansaço relacionadas a falta da nicotina no organismo.

Estudos recentes também mostraram que o tratamento adequado da acupuntura também pode auxiliar o ex fumante, já que interfere no sabor do cigarro e no desejo de fumar.

É indispensável citar que o uso desses alimentos e bebidas deve ser realizado em conjunto com outros tratamentos, preferencialmente sprays e cápsulas, e psicoterapia semanal, além do constante apoio de amigos próximos e familiares.

One thought on “Como parar de fumar de vez sem recaídas?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *